Buscar
  • Andreu Medinger

UTILIZAÇÃO DE GRAPAS EM ESTRUTURAS METÁLICAS



Neste artigo quero apresentar a você um tipo de conceito de fixação em estruturas metálicas que eu já utilizei e utilizo muito nos meus projetos.


Antes de eu te apresentar o nome, quero mostrar algumas imagens de um projeto onde ele foi utilizado em várias situações.


Estrutura geral do projeto

Mão-francesa

Pilar

Fixação de perfil U

Ancoragem de vigas


Eu sempre conheci esse sistema de fixação como grapa. Muitos projetos que eu fiz ao longo da minha carreira foram projetos de estruturas metálicas para processos internos de grandes empresas multinacionais.


E acontece que quando se trata de fazer projetos para instalações nessas empresas, os projetos precisam ser de fácil montagem, e isso acontece porque geralmente, pelo fato dessas empresas trabalharem em vários turnos e praticamente nunca pararem, se tem poucas horas para efetuar a instalação. Baseado nessa questão eu passei a utilizar muito a grapa.


A grapa tem um funcionamento muito simples. Basta apertar os parafusos que a chapa superior é prensada contra a aba da viga. A barra redonda inferior, que é soldada na chapa superior, permite esse movimento de aperto.


A grande vantagem de se utilizar a grapa é que com ela a montagem da estrutura se torna fácil. Caso você não tenha muita experiência ou nunca projetou, na prática é muito comum você fazer uma furação em uma estrutura, por exemplo, e na hora de montar a furação não ficar alinhada com o outro furo onde ela deve ser parafusada, e isso gera muito retrabalho.


Por isso, a grapa se torna uma boa opção, porque você consegue ter uma mobilidade com os componentes (vigas, chapas, entre outros) antes do aperto final.


O que tem que ficar claro para você é que não é em todo tipo de estrutura que é aconselhável fazer o uso da grapa. Não é recomendado principalmente em estruturas onde haverá bastante trepidação, ou então em estruturas que irão suportar máquinas que tenham alta vibração.


Nas imagens acima eu procurei mostrar para você várias situações onde a grapa pode ser utilizada, desde em pilares até mão-francesa. E o meu intuito aqui é mostrar a você que existe uma solução muito simples e que pode ser muito útil nos seus projetos.


E se você quiser se aprofundar mais e fazer você mesmo, na prática, essas grapas das imagens, eu tenho mais de 55 (cinquenta e cinco) vídeos no meu canal do YouTube onde faço todo o passo a passo da modelagem e montagem, no SolidWorks, dessa estrutura das imagens ilustradas no início deste post.


Dessa forma, abaixo deixarei um botão para caso você queira se aprofundar no assunto e consequentemente aprender SolidWorks na prática.




ACESSAR




Um forte abraço!

Andreu Medinger.

439 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo